Logotipo Abrap

Associação Brasileira de Prefeituras

Notícias na Abrap

Câmara aprova projeto que devolve ao governo precatórios não sacados

Câmara aprova projeto que devolve ao governo precatórios não sacados

Governo federal espera que, com a proposta, cofres da União sejam reforçados em R$ 8,6 bilhões. A medida, porém, não extingue o direito do credor ao precatório. Texto segue agora para o Senado.

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (13) projeto que determina que os precatórios (dívidas do poder público resultantes de condenação judicial definitiva) depositados há mais de dois anos e não sacados pelos beneficiários sejam restituídos aos cofres públicos.

O texto segue agora para o Senado. Com a aprovação da proposta, o governo federal espera reforçar os cofres da União com R$ 8,6 bilhões e reduzir o rombo fiscal deste ano.

O projeto foi aprovado pelos deputados em votação simbólica (sem a contagem de votos no painel eletrônico).

No plenário, os deputados incluíram a obrigatoriedade de que, pelo menos, 20% desse montante seja aplicado pela União na manutenção e desenvolvimento do ensino e, pelo menos, 5% no Programa de Proteção a Crianças e Adolescentes Ameaçados de Morte (PPCAAM).

O projeto também vale para as requisições de pequeno valor (RPV), que, assim como os precatórios, também são oriundas de ações contra o poder público, mas com valor limitado a 60 salários mínimos.

Pelo texto aprovado, o cancelamento será operacionalizado mensalmente pelo banco onde o recurso está depositado, com a transferência dos valores para a Conta Única do Tesouro Nacional.

A medida, porém, não extingue de forma definitiva o direito do credor uma vez que permite que o beneficiário possa requerer a qualquer tempo a expedição de um novo precatório ou nova RPV, o que possibilitará a ele o saque do dinheiro.

Fonte: http://g1.globo.com