Logotipo Abrap

Associação Brasileira de Prefeituras

Notícias na Abrap

Nos Estados Unidos, FHC diz que STF é guardião da Constituição e tem 'decisão final'

Nos Estados Unidos, FHC diz que STF é guardião da Constituição e tem 'decisão final'

Ex-presidente Fernando Henrique Cardoso fala em palestra sobre corrupção no Wilson Center, em Washington (EUA) (Foto: Reprodução)

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse nesta quinta-feira (28), nos EUA, que o Supremo Tribunal Federal é o guardião da Constituição e tem a palavra final no país. 'Ele decide e é isso', afirmou.

A declaração de FHC ocorre no mesmo dia em que o Senado aprovou regime de urgência para colocar em votação uma decisão do Supremo que afasta seu colega de partido Aécio Neves (PSDB-MG) do cargo e impõe ao senador tucano 'recolhimento noturno'. A votação no plenário está prevista para terça-feira (3).

Aécio também é presidente nacional licenciado do PSDB, partido de que Fernando Henrique é presidente de honra.

O senador foi denunciado ao STF por corrupção passiva e obstrução de Justiça na Operação Patmos, originada das delações de executivos da JBS. O parlamentar já havia sido afastado este ano do cargo por decisão do STF devido à operação, mas retornou ao Senado após decisão monocrática do ministro do STF Marco Aurélio Mello.

Em inglês, FHC disse que, no passado, os brasileiros especulavam sobre as atitudes dos 'generais de 4 estrelas'. 'Hoje, a maioria de nós nem sabe o nome deles. Enquanto que os nomes dos 11 ministros da Suprema Corte fazem parte do cotidiano das pessoas [...] Inclusive quando vamos criticar algum deles, nós sabemos os nomes. Isso foi uma transformação', disse. 'E a Suprema Corte, como guardiã da Constituição, tem a decisão final. Ela decide e é isso', completou FHC.

Na palestra, FHC disse que o Supremo também tem problemas, mas que 'é melhor ter problemas para ajustar na Suprema Corte do que ter problemas para colocar os militares de lado'.

FHC participou de uma conferência em ocasião do 40º aniversário do programa de América Latina da fundação Wilson Center, em Washington. O tema em debate era 'O impacto político da corrução na América Latina'.

Fonte: https://g1.globo.com/politica/noticia/nos-estados-unidos-fhc...